TÉCNICAS DE CARTEIO - Uso dos Trunfos
1- Cortar no curto, ou cortar somente de um lado com trunfos pequenos;
2- Corte Cruzado ("Crossruff")
3- Morto Invertido ("Dummy Reverse")

Quando se carteia contratos em trunfo, um dos princípios básicos adotados consiste em usar os trunfos pequenos para se fazer alguns cortes enquanto se mantém os trunfos altos em outra mão para posteriormente retirar os trunfos dos oponentes. No entanto, quando se faz um carteio de corte cruzado ("crossruff") isso é uma exceção, pois nesse tipo de carteio a idéia é cortar dos dois lados de tal modo que se desdobra os trunfo para se fazer separadamente tantas vazas de trunfo quanto forem os trunfos existentes. Outra exceção ao primeiro básico é cortar no lado longo e depois tirar os trunfos dos oponentes pelo lado curto, técnica essa denominada de Morto Invertido. Para se entender esses 3 tipos de carteio veja a seguir alguns exemplos: 


Exemplo1 - Usar os trunfos pequenos para corte
                     1032                                       Leilão
                     A986                                 NORTE    ESTE      SUL     OESTE
                     AKJ54                                                              1       passo
                     7                                         2        passo     2ST*    passo
Q75               N           J6                   
3        passo      4      passo             
Q1072      O     E        J43                  4        passo      4      passo         
98                 S            Q1032            5**    passo      6      todos passam         
KQJ9                            8632           *obs. SUL não deve marcar 3 porque isto indica 16 ou + HCP          
                     AK984                            ** pede honras altas para marcar pequeno Slam. 
                     K5                                       saída  K
                     76
                     A1054
Nesta mão SUL não deve tirar os trunfos pois não tem um sólido naipe lateral para baldar as perdedoras de Paus. SUL deve portanto cortar Paus no morto o máximo que puder.
vaza1: Ás de Paus faz a vaza;
Vaza2: 4 de Paus para ser cortado no morto;
vaza3: voltar na mão em K;
vaza4: 5 de Paus para ser cortado no morto;
vaza5: Ás de Copas do morto;
vaza6: 8 de Copas do morto para ser cortado em SUL;
vaza7: 10 de Paus para ser cortado no morto;
vaza8: Ás de Ouros faz a vaza;
vaza9: Rei de Ouros faz a vaza;
O final de 4 cartas é:
                     -                                      
                     9                                 
                     J54                                                            
                     -                                    
Q75               N           J6            
Q               O     E                       
-                    S            Q10                    
-                                   -                       
                     AK98
                     -
                     -
                    
Agora SUL deve voltar na mão para somente agora tirar os trunfos oponentes. Se voltar em Copas, mesmo que ESTE corte de J SUL recorta e entrega somente um trunfo. Se voltar em Ouros SUL corta de 8 mesmo que OESTE recorte de Dama depois o Valete cai segundo e o contrato está feito.
Na verdade a saída de trunfo derruba o contrato e houve muita sorte dos Paus estarem 4 a 4, a probabilidade maior é da divisão da divisão dos Paus é no caso de estarem 5 a 3, mas o que importa neste exemplo é o reforço de que os trunfos pequenos devem ser usados para cortar as perdedoras. 

Exemplo2.1: Ilustração de uma típica situação para uso da técnica de Corte Cruzado
                     AJ32                                       Leilão
                     A10942                                 NORTE    ESTE      SUL     OESTE
                     J54                                                                       1       passo
                     7                                              1        passo     1      passo
96                    N            875                   3         passo     4      passo             
KQJ3           O      E        874                 passo     passo            
A82                S              Q1093                    
Q982                              K103               saída K
                     KQ104                            
                     5                                   
                     K76
                     AJ654
Análise: Se o Rei de Ouros estiver bem colocado ou então a Dama de Ouros depois N-S faz 1 Ouros, o Ás de Copas, o Ás de Paus e precisa fazer mais 7 vazas de trunfo num corte cruzado. Porém se tentar puxar Ouros e se o Ás de Ouros estiver mal colocado o oponente poderá mudar para trunfo e agora o sucesso do carteio fica praticamente inviável. Portanto o Carteador deve aproveitar o erro da saída e pensar em fazer o Ás de Copas, o Ás de Paus e depois desdobrar os trunfos fazendo todos os 8 trunfos num corte cruzado. 


Exemplo2.2: Outra típica situação para uso da técnica de Corte Cruzado
                     J832                                       Leilão  todos Vul
                     AJ42                                    NORTE    ESTE      SUL     OESTE
                     AK54                                       1        passo   1       passo
                     2                                              2        passo   4      passo
K964              N           AQ75                 passo     passo             
10              O      E        9843                             
QJ1082         S            93                    
Q982                           K103               saída Q
                     10                            
                     KQ75                                   
                     76
                     A8654
Análise: OESTE não saiu de trunfo, logo N-S pode fazer 7 vazas de trunfo mais o AK de Ouros e o Ás de Paus, portanto precisa preparar o corte cruzado puxando Espadas.

vaza1: Ás de Ouros faz a vaza;
vaza2: Espadas para o 10 e Ás de Espadas faz a vaza;
vaza3: ESTE ataca trunfo e o Valete de Copas faz a vaza;
vaza4: Espada do morto é cortada com o 7 de Copas;
vaza5: Paus para o Ás de SUL;
vaza6: Paus corta de 2 de Copas;
vaza7: Espadas corta de Dama de Copas;
vaza8: Paus corta de 4 de Copas;
vaza9: Rei de Ouros faz a vaza;
vaza10: Espadas do morto é cortada de Rei de Copas;
vaza11: Paus é cortado pelo Ás de Copas;
N-S faz 10 vazas e entrega as duas últimas.

Exemplo3.1: Ilustração de uma típica situação para uso da técnica de Morto Invertido
                     A1032                                       Leilão
                     Q109                                 NORTE    ESTE      SUL     OESTE
                     J54                                                                  1       passo
                     K67                                      1        passo    2*    passo
KQ10             N            J9876              3        passo    4      passo             
763           O      E        84                passo     passo   passo  passo         
K82               S            A1093                    
J982                             103               saída K
                     4                            
                     AKJ52                                   
                     Q76
                     AQ54

Análise: Se após a saída o Carteador fizer o Ás de Espadas, tirar os trunfos, considerando que ele tem 3 vazas certas em Paus a chance para fazer a 10a. se resume em encontrar Paus 3 a 3 que é 35,5% ou de encontrar AK de Ouros do mesmo lado que é cerca de 25% ou que achar Ás segundo (8,7%) ou Rei de Ouros segundo (8,7%) em um dos lados conforme tab_02
Ou seja, a chance de sucesso está em combinar a chance da divisão dos Paus com a chance de casal de Ouros num mesmo lado, que depois dessa saída seria ESTE o mais provável a ter as duas honras de Ouros, pois com a saída OESTE está mostrando já ter KQ de Espadas.

Esse cálculo de combinar chances se faz no papel com lápis, uma tabela de porcentagens e uma calculadora como se segue: 
seja Probabilidade do evento A (PA) = Paus 3 a 3 e do evento B (PB) casal de Ouros com ESTE
PA unido com PB = PA+(1 - PA).PB = 0,355+(1 - 0,355).0,25 = 0,355 + 0,645/4 = 0,355+0,161=52,6% 

No entanto, baseado na hipótese de que os trunfos estão 3 a 2, o que é algo em torno de 67,8% conforme tab_01, a chance de sucesso pula de 52,6% para 67,8%. 

O carteio para Morto Invertido:
vaza1: Ás de Espadas faz a vaza;
vaza2: Espadas corta de 2 Valete de Copas, OESTE serve a Dama;
vaza3: 2 Copas para o 9 de Copas do morto;
vaza4: Espadas para o corte de Ás de Copas;
vaza5: Paus para o Rei da Mesa;
vaza6: Espadas para o corte de Rei de Copas;
vaza7: 5 de Copas para o 10 de Copas do morto;
vaza8: Dama de Copas tira o último trunfo e balda-se Ouros de SUL;
vaza9: Paus para o Ás de SUL;
vaza10: Dama de Paus de SUL e Paus não divide;
O carteador entrega as últimas 3 vazas. 
Note portanto que com a inversão do morto foram feitos 3 trunfos de SUL em cortes e depois mais 3 trunfos de NORTE totalizando 6 vazas de trunfo. É essa vaza a mais que dá ao carteio uma chance maior de sucesso do que tirar jogar por trunfos 4 a 1 ou 5 a 0, porém na esperança maior do Paus dividirem.

Exemplo3.2: Outra típica situação para uso da técnica de Morto Invertido
                     QJ2                                       Leilão
                     J932                                 NORTE    ESTE      SUL      OESTE     *1 = tenho honra em Paus
                     KQ4                                                                  1       passo     *2 = tenho honra em Ouros
                     A76                                      2        passo    2       passo     *3 = tenho controle de Copas
643               N            97                     3         passo    4*1  passo     *4 = você tem boas Espadas?        
AK64        O      E        Q1087              4*2    passo    4*3  passo     *5 = sim tenho, senão passava    
82                 S            10953               5*4    passo    6*5  passo                          
J982                             Q103               saída K
                     AK1085                            
                     5                                   
                     AJ76
                     K54

vaza1: Ás de Copas faz a vaza;
vaza2: Rei de Copas é cortado de 5 de Espadas;
Análise: Como vazas certas N-S tem 5 vazas de Espadas, 4 vazas de Ouros e 2 vazas de Paus, logo falta mais uma vaza. Pode haver uma pequena chance de quem tem 5 cartas de Paus tenha também a Dama de Copas e portanto um squeeze permitiria achar a vaza que falta, porém fazendo uma inversão do morto ao se cortar todas as Copas podemos somar 3 trunfos em cortes de Copas mais 3 trunfos no morto dando um total de 6 trunfos e mais 6 vazas nos naipes pobres chegamos as 12 vazas desejadas bastando para isso os trunfos estarem divididos 3 a 2.
vaza3: Ouros para a Dama de Ouros do morto;
vaza4: Copas corta 10 de Espadas;
vaza5: Paus para o Ás do morto; 
vaza6: Copas corta de Ás de Espadas;
vaza7: Rei de Espadas;
vaza8: 8 de Espadas para o Valete do morto e todos servem;
vaza9: Dama de Espadas tira o último trunfo oponente e balda um Paus de SUL;
vaza10: Rei de Ouros faz a vaza;
vaza 11, 12 e 13 são feitas por SUL.
Nota: evidentemente um ataque de trunfo, sem bater o Ás de Copas, permite derrubar o contrato após uma segunda trunfada, mas o Bridge tem muito disso, um erro de ataque e agora se pode ganhar desde que se ache a correta linha de carteio.