BRIDGE - AULA 02 - Leilão sem Interferência

Para efeito de leilão os naipes obedecem uma hierarquia:
(maior <- Espadas , Copas , Ouros , Paus menor ->).

Notação: quando colocamos sinal de igual para indicar uma distribuição de cartas, por convenção de notação em Bridge, estamos dizendo que esta distribuição segue a ordem hierárquica dos naipes, ao passo que se separamos por hifen então não importa o naipe mas somente a distribuição.
Exemplo:
4=4=3=2 quer dizer 4 cartas de Espadas, 4 cartas de Copas, 3 cartas de Ouros e duas de Paus;
4-4-3-2 quer dizer que estamos falando de uma mão que possui dois naipes quartos, um de 3 cartas e um com somente 2 cartas.

1 - Princípios de Abertura no Leilão:
Princípio geral: abre-se sempre no naipe mais longo (que tem mais cartas);
Só se abre de naipe maior chamado de rico (major
) com 5 ou mais cartas;

Quando não se tem naipe rico quinto e não se tem naipe 4o. menor chamado de pobre (minor
) abre-se no naipe de Paus quando se tem 3 e 3 em mão 4=3=3=3 pi 3=4=3=3 e abre-se de Ouros quando se tem 3 e 2 em mão 4=4=3=2. Na verdade, deve-se fazer algumas exceções a essa regra geral numa mão tipo Q983 A109 AKJ 976, onde a indicação de saída deve previlegiar o naipe de Ouros, porém em mãos tipo KQ53 A95 A96 J97 a abertura dentro de nosso sistema proposto deve ser de 1.

Quando há dois naipes contíguos abre-se no de maior hierarquia em mãos 5-5-x-x, porém em caso de naipes pobre na distribuição 4-4-3-2 pode-se abrir no melhor naipe ou em Paus. Por exemplo, com a mão:  Q3 A95 AKJ9 9743 é recomendado abrir de 1 para indicar ao parceiro onde se tem honras altas, porém se a mão fosse: Q3 A95 A932 A1093 deve-se abrir de 1, pois o parceiro pode ter naipe 5o. de Paus com 6-9 pontos e teria que marcar 1ST diante de uma abertura de 1, além do que se o parceiro tiver uma longer de Paus ele pode marcar uma grande barragem em 4 dificultando a entrada no Leilão do jogador quarto de mão.     
 
2 - Consolidação das Aberturas no Leilão
a) abertura de 13-15 pontos (mínima):
Em situações de abertura mínima a preocupação do Abridor está em preparar uma segunda fala para definir a força da mão, ou seja, o intervalo de pontos de sua mão. Ele faz isso marcando na sua segunda voz: 
- ST no nível;
Abridor  Respondedor                                  Abridor  Respondedor                   Abridor  Respondedor
    1           1                                                  1           1                                      1          1
    1ST  <= indica 13-15 pontos                    1ST  <= 13-15 pontos                    1ST <= 13-15 pontos
            K3 Q95
A932 A1093              J KJ95 AQ932 A109          83 KQ985 A93 K103
- abonando com 4 cartas seu parceiro em nível 2;
Abridor  Respondedor                                   Abridor  Respondedor                  Abridor  Respondedor
     1           1                                                   1           1                                  1           1
     2  <= indica 13-15 pontos                       2  <= 13-15 pontos                  2 <= 13-15 pontos
            K3 Q965
A92 A1093              KJ63 KJ95 AJ32 9             A3 Q9 A932 A10963  
- remarcando em nível 2 seu naipe de abertura se este for sexto ou quinto muito bom:
   com  K3 Q95
A9 AJ10973 após abrir de 1 em qualquer resposta em nível marca-se 2
    K3 QJ9865
A93 K9 após abrir de 1 na resposta de 1/1ST marca-se 2  
- marcando em nível 2 seu segundo naipe se este for hierarquicamente inferior ao primeiro:
Abridor  Respondedor
1/1        1ST
2/2 <= tende a indicar uma mão de 5 cartas em naipe rico e 4 ou 5 cartas em naipe pobre
Abridor  Respondedor
   1           1/1
   2 <= tende a indicar uma mão de 5 e 4 ou 5, podendo ter também 4 e 5 como as mãos:
                A3 96
A9832 KQ103 / 3 Q9 AJ932 AQ1093  / K329 AKJ2 K10963         

b) abertura de 15-17 pontos:
As mãos balanceadas (ditas também regulares ou equilibradas) de 15-17 pontos são abertas de 1ST. Nesse caso o Respondedor, com mão também balanceada, tem as seguintes atitudes ao somar pontos cogitando game (25 HCP) ou pequeno slam (33 HCP), ou grande slam (37 hcp):
- passar com menos de 8 pontos e mão balanceada;
- marcar um sign-off com naipe longo e mão fraca abaixo de 8 hcp;
- marcar 2ST com 8-9 pontos convidando o Abridor a marcar 3ST se este tiver 17 pontos ou 16 pontos
   com boas cartas intermediárias (10 e 9);
- marcar 3ST com 10-15 HCP em mão regular sem naipe rico;
- perguntar ao Abridor se ele tem naipe rico em mão de 8-15 hcp com naipe rico e seca ou 4-4-3-2
   veja texto Stayman;
- marcar 4ST com 16 HCP (4-3-3-3) convidando a marcação de 6ST se ele tiver 17 pontos;
- marcar 6ST com 16 (5-3-3-2) - 18 pontos;
- marcar 5ST com 19-20 convidando a optar entre 6ST ou 7ST dependendo se o Abridor tiver máximo;
- marcar 7ST com 21+ hcp.
veja depois o texto abertura_1ST

c) As mãos irregulares de 16-17 pontos são abertas de 1 em naipe e o Abridor na sua segunda voz: 
- salta no mesmo naipe se este for sexto sólido; 
- abona com 4 cartas, em salto no nível 3, o naipe do parceiro;
- marca seu segundo naipe em Inversa ou REVER (de hierarquia superior).

d) As mãos regulares de 18-19 pontos são abertas de 1 em naipe e o Abridor na sua segunda voz: 
- salta em 2ST se a resposta foi em nível 1;
- salta em 3ST se a resposta foi em nível 2 ou foi de 1ST.

e) As mãos irregulares de 18-20 pontos são marcadas com uma segunda fala em salto em nível 3
     ou em Inversa (vide REVER) em nível 2, praticamente da mesma forma que as mãos irregulares
    de 16-17 pontos. Há uma convenção chamada de Lebensohl para distinguir se a Inversa é de 16-17
    ou de 18-20, porém deve ser estudada somente após maior vivência em jogar Bridge e fazer Leilão. 

f) As mãos regulares de 20-21 pontos são abertas de 2ST. Nesse caso o Respondedor: 
- com mão balanceada e menos de 5 HCP passa; 
- com mão balanceada e 5-10 HCP marca 3ST; 
- com mão balanceada e 11-12 HCP marca 4ST convidando a 6ST;
- com mão balanceada e 13-15 HCP marca 6ST;
- com mão balanceada e mais de 15 HCP marca 7ST.

g) As mãos irregulares com 22 HCP e mais os pontos de distribuição e as regulares com 22 HCP ou
    mais são abertas de 2 e o Respondedor (parceiro do Abridor) não pode passar antes de game
   (é um "forcing game"). O Respondedor marca: 
- 2
para indicar uma mão negativa com menos de 8 pontos,
   ou sem um A e K que corresponde a uma vaza e meia;
- 2 / 2 / 3 / 3 para indicar uma voz positiva com mais de 7 pontos e um bom naipe 5+; 
- 2ST para indicar uma mão positiva de 8 a 11 HCP sem naipe quinto rico ou naipe sexto pobre; 
- 3ST para indicar uma mão positiva de 12 a 14 HCP sem naipe quinto rico ou naipe sexto pobre; 
- marca naipe se tiver 8 ou mais pontos com naipe rico quinto encabeçado de uma honra alta ou
   naipe sexto pobre.

O conceito de mão de resposta negativa para abertura de 2 pode ser resumido em dizer que só é resposta positiva para abertura de 2 uma mão que tem pelo menos um A e um K, ou algo equivalente a uma vaza e meia, como 3 K, pois frente a uma abertura de 2 é muito útil saber se o Respondedor tem vazas certas (Ás
ou Rei) para poder saber parar o leilão somente em game ou ir tentar a marcação de "petit slam" ou "grand slam".
Veja depois o texto abertura_2Paus

h) As mãos de sub-abertura (7-10 pontos) são:
- mãos de naipe sexto com pelo menos uma honras superiores (A/K/Q) e 6-10 pontos nos naipe de
   Espadas, Copas e Ouros, são abertas de 2 ,2 ou 2
e são chamadas de mãos de abertura fraca;
   veja depois o texto abertura_naipe sexto fraco
- mãos de naipe sétimo. com 2 honras e 6-10 pontos concentrados no naipe são abertas em nível de
   3 de 3
, 3, 3 ou 3 e são chamadas de aberturas de barragem;
- mãos de naipe rico sétimo ou oitavo. com naipe bem sólido de 2 ou 3 honras superiores e 6-10
   pontos são abertas de 4 ou 4.
- mãos de naipe sétimo ou oitavo. pobre encabeçado pelas 3 honras superiores são abertas de 3ST,
   quando não se tem mais nenhum A ou K adicional (lateral).
- mãos de naipe pobre oitavo e 6-10 pontos, com uma ou duas honras superior, são abertas em nível
  4 ou 5 dependendo da solidez do naipe e da regra de segurança conhecida por 2 e 3, isto é, se
  arrisca a perder 2 vazas vulnerável ou 3 vazas não vulnerável.

i) Função do Abridor e do Respondedor ou definição de quem é o capitão do leilão:
Abridor => Em mãos regulares de abertura de 1ST (15-17) ou 2ST (20-21), ou 3ST (25-27). que já
                     definem o valor e a distribuição da mão na primeira voz, transfere o comando do leilão, ou
                     a tarefa de ser Capitão do contrato ao Respondedor;
Abridor => Em mãos de abertura de 1 em naipe (1/1/1/1), onde o intervalo de pontos vai de
                     13 a 21, o Abridor só consegue restringir seu intervalo de pontos na sua segunda fala
                     classificando sua abertura como mínima de 13-15, como média de 16-18. ou como forte
                     de 19-21. Assim, o Respondedor que ao marcar um naipe em nível 1 pode ter uma força de
                     6 a 15 pontos, só esclarecerá sua força na sua segunda fala, logo, quando a resposta é
                     indefinida na sua força, é o Respondedor que irá ser o Capitão do contrato final. 
                     No entanto, se a fala do Respondedor limitar um intervalo de pontos, como ocorre na
                     resposta de 1ST com 6-9, ou na resposta de 2ST com 10-12, ou de 3ST com 13-15, ou
                     ainda com um abono simples no naipe do Abridor indicando 6-9 pontos, ou um abono em
                     salto indicando 10-11 pontos, é o Abridor que fica sendo o Capitão da mão para definir o
                     contrato final.
Abridor => em mãos de abertura de 2, é o Abridor que comando o leilão e cabe ao Respondedor
                    marcar se ele está negativo ou positivo e qual é a distribuição de sua mão. São raros os
                    casos em que cabe ao Respondedor decidir ir a Slam, porém elas existem.

j) Respondedor => frente a uma abertura do parceiro de naipe rico em nível 1, mostrar sua força e abono através de:
- abonar o abridor em nível 4, com 5 ou 6 cartas de abono, e menos de 7 HCP;
- passar com menos de 6 pontos;
- abonar naipe rico em nível 2 com 6 a 9 pontos (3 a 4 cartas);
- marcar 1ST com 6 a 10 pontos e dubleton ou seca no naipe rico do parceiro;
- marcar 1ST com 6-7 HCP em mão 4-3-3-3;
- abonar em nível 3 o naipe rico do parceiro com 10-11 pontos (HCP + distribuição)

-
marcar 2ST com 12-15 HCP e quatro 4 ou 5 cartas de abono em naipe em mão sem seca;
- marcar 4 Paus ou 4 Ouros para indicar 12-15 HCP com 4 ou mais cartas de abono e seca ou chicana
   no naipe mencionado;
- marcar naipe longo no nível 2 com 10 ou mais HCP;
- marcar outro naipe em salto com mão de mais de 15 HCP;
   obs. existem duplas que usam saltar em outro naipe com naipe longo e mão fraca de 3-6 pontos;
- marcar 3ST com mão 4-3-3-3 ou 4-4-3-2 sem abono e 16-17 HCP.

k) Respondedor => frente a uma abertura do parceiro em naipe pobre em nível 1,  mostrar se tem naipe rico, mostrar a força da mão e abono através convenções como:
- marcar naipe rico em nível 1 com 6 a 15 pontos;
- marcar 1NT (1 Sem Trunfos) com 6 a 10 HCP sem naipe quinto pobre e sem naipe rico;
- marcar 2NT com 11-12 HCP em mão regular tipo 4-4-3-2 ou 4-3-3-3 sem naipe rico;
- marcar 3NT com 13-15 HCP em mão regular tipo 4-4-3-2 ou 4-3-3-3 sem naipe rico;
- abonar o naipe pobre do parceiro em nível 2 com pelo menos 5 cartas e 6-9 HCP caso não tenha naipe
   rico para mencionar;
- abonar o naipe pobre do parceiro em nível 3 com pelo menos 5 cartas e 10-11 HCP caso não tenha
   naipe rico para mencionar;
- marcar outro naipe em salto com mão de 16 ou mais HCP;  

l) Seqüência na abertura de naipe pobre:
- Sobre abertura de naipe pobre o respondedor, com 6 a 11 pontos deve primeiro marcar seu naipe rico
   e depois marcar abono no naipe pobre do parceiro. Esse abono pode ser feito depois em nível 2 com
   6-9 HCP ou em nível 3, em salto, com 10-11, caso a segunda voz do abridor seja ainda em nível 1;
Exemplo:   Abridor    oponente  Respondedor  oponente
                   1 pobre      passo         1 rico               passo
                     1ST           passo       3 no pobre        passo
                      ? 
 => diante do convite o Abridor pode passar com mínimo 12-13 HCP, abonar o Respondedor com 3 honra
       terceira ou ir a 3NT com máximo (14-15).

Nota: para uma melhor pesquisa da mão nesta sequência acima, após 1ST do abridor, há duas
          convenções similares para serem estudadas posteriormente: Check Back e New Minor Forcing
         (NMF), para depois a dupla adotar uma delas.

Obs. quando o Respondedor marca ST de resposta (6 a 10 HCP), o Abridor já sabe sua faixa de pontos e sabe que são necessários 25-26 HCP para se fazer game em 3ST, logo ele pode fazer um convite a "game" ao Respondedor marcando 2ST. Nesse caso o Respondedor com 6-7 HCP passa, com 9-10 HCP marca 3ST e com 8 HCP observa se possui cartas intermediárias boas para passar ou ir a game, buscando o prêmio adicional de pontos ao marcar e cumprir um contrato de game. Daí, percebe-se que fazer leilão é também somar faixas de pontos em busca de prêmios e estatísticas favoráveis para se cumprir as metas do contrato.

m) O Respondedor diante de uma abertura fraca (7 a 10 HCP) :
- após o parceiro ter feito uma abertura de 2 fraca e o adversário ter passado, o nosso abono em nível 3 indica 3 cartas ou honra segunda com 8 a 13 HCP, sendo portanto uma fala feita para tentar atrapalhar ou bloquear oponentes de participar do leilão onde os pontos estão divididos em 20 a 20 ou em 22 para eles e 18 para nós. Vide estudo sobre abertura de naipe sexto fraco e as respostas de 2ST que pesquisam a mão de abertura.

Leia depois o Sistema SAYC.

///